Por dentro das fases de um processo seletivo

 

Quando vemos um anúncio de vaga e somos convidados para um processo seletivo, muitas vezes não imaginamos a quantidade de fases que podem envolver esse processo. Entender como funciona e quais podem ser as etapas deste processo pode lhe auxiliar a diminuir a ansiedade natural de quem está buscando uma nova colocação.

 

Essas etapas visam contratar o melhor profissional e garantir que este permaneça na empresa o maior tempo possível. Utilize-se destas informações para planejar melhor sua próxima participação em um processo seletivo.

 

Em geral um processo começa na definição do perfil da vaga, essa fase é feita entre o departamento de Recursos Humanos e o requisitante da vaga, juntos vão definir as características e habilidades que são fundamentais para aquele profissional que estão buscando, ou seja, no momento do alinhamento são definidas todas as características técnicas e comportamentais que buscam no novo profissional.

 

Após alinhamento inicia-se a busca de candidatos através do anúncio desta vaga. No anúncio a empresa divulga publicamente a necessidade de contratar um profissional para atuar em um cargo específico. Esta declaração acontece de forma direcionada, em diversas fontes: agências ou consultorias de emprego, jornais, grupos de profissionais atuante na mesma área que a vaga mencionada, jornais, internet, e atualmente as redes sociais tem sido utilizadas como fonte de atração de novos profissionais. A empresa direciona essa busca em meios e fontes que tem maior índice e perspectiva de retorno para aquele processo especifico.

 

A partir da captação dos currículos, inicia-se a triagem deste material. A triagem é a análise dos currículos, nesta fase o profissional de seleção vai avaliar as exigências da vaga com as informações descritas no currículo. Nesta etapa verifica-se a formação escolar, experiência anterior do candidato, cursos, conhecimento de outro idioma e outras. Desta triagem são selecionados os primeiros os candidatos que irão participar da próxima etapa, geralmente a entrevista.

 

Durante o processo algumas técnicas podem ser utilizadas para aprimorar a seleção: dinâmica de grupo, provas situacionais, provas especificas e avaliação psicológica. Todas essas técnicas são aplicadas pelo selecionador para avaliar as habilidades buscadas no candidato.

 

As etapas que podem fazer parte do seu processo seletivo são:

 

A entrevista tem o objetivo de aprofundar as informações do currículo e entender as aspirações do candidato, pode ser feita com o RH da própria empresa ou de uma empresa de seleção e recrutamento contratado para tal. O próximo passo é uma entrevista com o requisitante da vaga e líder direto do selecionado. Não é incomum que o processo tenha mais de 03 fases somente de entrevista, como dissemos o fluxo do processo seletivo é definido pela empresa baseando-se em sua política de RH.

 

Dinâmica de grupo – São atividades aplicadas com o objetivo de analisar o desempenho do candidato em equipe e detectar comportamentos e competências compatíveis ao cargo pretendido pelo candidato. Durante as atividades, o selecionador observa o desempenho de cada integrante.

 

Provas situacionais – São simulações de problemas rotineiros ocorridos na empresa em que o candidato deverá atuar como se já estivesse contratado. Eles são bastante utilizados para a contratação de trainees e estagiários.

 

Provas específicas de conhecimentos técnicos – São utilizadas geralmente em casos de funções mais técnicas, onde o conhecimento do candidato pode ser avaliado de forma objetiva. Avaliação de idiomas é realizada em alguns processos mais específicos.

 

Avaliação psicológica – São diversos testes aplicados durante o processo seletivo para analisar aspectos da intelectualidade, personalidade e a coordenação motora do candidato. São formas de complementar as características observadas na entrevista e auxiliam o selecionador e o gestor da área a escolher o melhor perfil.

 

Devolutiva ou Feedback – É uma resposta dada ao candidato sobre o seu desempenho e finalização do processo seletivo. Infelizmente nem todas as empresas adotam esta prática ou muitas vezes optam por realizar o retorno por e-mail, então, não deixe de conferir sua caixa eletrônica.

 

Uma dica para controlar a ansiedade é buscar entender com a consultora quais as fases do processo de seleção e perguntar a média de tempo que poderá ter o retorno final. O mais importante é estar receptivo para participar da seleção, independente do número de fases que possui.